Estou Magoado E Confuso Mas Tenho Receio De Sair

Mountain Trees

ESTOU MAGOADO E CONFUSO MAS TENHO RECEIO DE SAIR…

“Eu ainda sou uma Testemunha de Jeová, embora eu já não acredite nisso. Estou tão magoado e confuso. Eu não sei em quem acreditar ou confiar. Estou a pensar em entregar a minha carta de dissociação, mas tenho medo de tomar a decisão errada e perder a minha hipótese de viver para sempre no paraíso na terra, depois do Armagedom. Apesar de tudo o que tenho visto e experimentado que me faz acreditar que esta religião não é “a verdade,” eu ainda  tenho a incómoda pergunta, e se as Testemunhas de Jeová estão certas e isto é tudo um ataque de Satanás para me afastar de Jeová?”

TammieA NOSSA RESPOSTA:

Olá, o meu nome é Tammie. Se você chegou até aqui, pode estar a sentir-se sobrecarregado e profundamente perturbado acerca do que deve fazer com toda a informação que descobriu na sua busca pela verdade. Eu sei o que você está a passar. Fui criada como uma Testemunha de Jeová e gastei mais de 30 anos na organização. Matriculei-me na Escola do Ministério Teocrático com a idade de 7 anos. Fui pioneira com a minha mãe e novamente em adulta por 4 anos, durante os quais dirigia em média 10 estudos Bíblicos domiciliares por mês e vi, por fim, 5 deles ser baptizados. Trabalhei em projetos de construção de salões de assembleias, visitei as instalações em Nova Iorque, e falei numa assembleia uma vez. Criei o meu filho para ser uma Testemunha de Jeová exemplar, tendo a sua primeira designação aos 5 anos e tornando-se pioneiro aos 14. Podia dizer-se que eu era uma “Testemunha de Jeová entre as Testemunhas de Jeová”. Ainda assim, eu também cheguei ao lugar onde você se encontra agora.

Mas e se isto for tudo uma ilusão?
Talvez você esteja lutando com o pensamento, “…mas, e se for tudo uma ilusão? Poderia o diabo estar a levar-me informação contra as Testemunhas de Jeová, de modo a que eu volte as costas a Jeová?” Apesar de tudo o que você descobriu e de todas as suas orações terem sido miraculosamente respondidas, você luta com a possibilidade de estar enganado. Será que você foi um peão involuntário no jogo do diabo para o enganar e o levar a deixar as Testemunhas de Jeová? Você tem esse sentimento persistente de que talvez, apesar de toda a evidência em contrário, as Testemunhas de Jeová estão certas e todos os outros estão errados?

Meu querido amigo, o que você está a sentir é normal. Estas são as “dores de parto” sinalizando o iminente nascimento da sua mente. Se nunca pensou por você mesmo durante um longo período de tempo (talvez nunca se tiver sido criado como Testemunha de Jeová). Pensar e raciocinar é completamente novo para si e muito desconfortável. Você dependia de alguém para lhe dizer como pensar, como interpretar as Escrituras, como andar, como falar, e como se vestir. Agora você está sendo guiado pelo Espírito de Deus. Você tem realmente uma consciência e ela está lhe dando algumas convicções muito fortes. Este é um território assustador em que você entrou. O seu mundo está se desmoronando com todos as escrituras que lê. Você está faminto de alguma coisa que revele a Palavra de Deus mais claramente. Até mesmo a sua Tradução do Novo Mundo se abriu para si com escrituras que não tinha percebido que estavam lá antes. O que está a acontecer consigo? Está a ficar louco? Não, você está na iminência de acreditar

Minha Estrada para Damasco

Eu sei que você gostaria de nada melhor do que a experiência da “Estrada para Damasco”. Era isso também que eu queria. Você pode vir ainda a ter uma, mas Jeová é perfeitamente capaz de estabelecer todos os factos sem os efeitos teatrais. Ele irá prover todas as respostas de que precisa, para lhe dar a fé que lhe falta. Para mim, foi no dia em que eu estava a orar por respostas claras e precisas, orando sem parar como se a minha vida dependesse disso. (o que dependia). Foi quando alguém no meu escritório me enviou um “devocional diário”. Por acaso foi Mateus 7:15 “Vigiai-vos dos falsos profetas…”

De início, pensei que Jeová estava a brincar comigo, porque depois de tanto tempo de intensa oração, eu esperava nada menos do que uma voz vinda do céu. Eu disse a Jeová; “Isto não é uma resposta…Eu tenho que saber quem está certo e quem está errado e tenho que o saber hoje!” Depois, vindo do nada, o texto de Deuteronómio 18:22 veio à minha mente; “Quando o profeta falar em nome do Senhor e tal palavra não se cumprir, nem suceder assim, esta é a palavra que o Senhor não falou; com presunção a falou o profeta; não o temerás.” Aí estava, tão claro como água…1914, 1975 e todas as falsas profecias antes e no meio. É apenas necessária uma falsa profecia para fazer um falso profeta. Eu não precisava de mais nenhuma “prova”. Agora, eu sabia quem estava certo e quem estava errado.

Crer é Ver!

Você já ouviu; “Ver para crer”, mas eu acho interessante que, antes que Paulo pudesse ver a verdade, ele teve que ficar cego. No relato da sua experiência de conversão, ele acreditou antes que pudesse ver. 2 Coríntios 4:4 diz que Satanás cega as mentes dos incrédulos de modo a que a verdade acerca de Jesus Cristo não possa ser vista. Não é interessante que a descrença vem antes da cegueira? Portanto, a cegueira não é resultado da descrença.

Quando uma vez debati com um Pastor, ele deu-me uma formula para “ser salva”. Eu não entendi, nem sequer tive fé nele do tamanho de um grão de mostarda. Nem sequer ainda compreendo porque segui o que ele disse. Lembro-me de ir a um lugar solitário debaixo de uma ponte no nosso bairro. Fiz algo completamente contrário à minha educação e alheio à minha mente lógica. Primeiro, pedi a Jeová que me perdoasse, porque o que eu estava prestes a fazer envolvia orar a “Jesus” e eu sabia que orar a Jesus era errado. Naquele tempo eu achava que sabia tudo. Eu estava lamentavelmente cega e não sabia (veja Revelação 3:17). Ainda assim, eu estava relutantemente disposta a aceitar algo que não conseguia compreender.

A partir desse momento eu cresci exponencialmente na minha relação com Deus. Portas se abriram, o entendimento chegou até mim vindo de todas as direções. Foi como se os meus olhos se tivessem aberto  e eu pudesse ver realmente pela primeira vez! Quanto mais eu acreditava, mais eu podia ver. Satanás não tem o poder de cegar o crente. Eu não precisava de entender tudo para crer, porque crer é um ato da minha vontade, uma confissão de humildade do coração, que eu fiz contra tudo o que a minha mente tinha entendido como certo. Entender, ver, e discernir é o trabalho do Espírito de Deus operando em mim.

Ver é o trabalho de Deus, não o meu. É o resultado abençoado de acreditar. Crer é o seu trabalho. Um dos primeiros textos que descobri na minha Tradução do Novo Mundo, pouco tempo depois daquele momento debaixo da ponte, foi o de João 6:28-29: “Que havemos de fazer para praticarmos as obras de Deus? Jesus lhes respondeu: A obra de Deus é esta: Que creiais naquele que ele enviou.” Toda a minha vida trabalhei arduamente para fazer aquilo que eu pensava serem “as obras de Deus” e falhei em realizar o único trabalho que interessava, crer em Jesus Cristo. Se você se encontrar numa viagem semelhante, tenha a certeza que você não está louco nem está sozinho. Às vezes ajuda ler histórias de outras pessoas que tiveram experiências similares e falar com outros. Você também pode consultar os seguintes links no nosso website, que podem ser de ajuda:

bullets O QUE É A VERDADE?

bullets É A TORRE DE VIGIA “FIEL E DISCRETA”?

bullets CONVERSAS CRISTÃS COM AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ— Respostas Bíblicas a perguntas que as Testemunhas de Jeová fazem

bullets  PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE DEIXAR A TORRE DE VIGIA

bullets  PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE DETERMINAR A VERDADE

 

 

Print Friendly, PDF & Email

This post is also available in: EspanholTchecoRussoInglês