É A Organização Da Sociedade Torre De Vigia “Fiel E Discreta”?

watchtower

PDF

Em  Mateus 24:45-51, Jesus descreve dois tipos de escravos (ou servos) que foram incumbidos de tomar conta dos bens do seu mestre, enquanto este estava fora.  Um escravo foi achado “fiel e discreto” (Tradução do Novo Mundo – TNM) e,após o retorno do seu mestre, foi recompensado ao ser nomeado sobre “todos” os bens de seu mestre.  O outro escravo mostrou-se infiel nas suas tarefas e quando o seu mestre chegou, ele foi jogado fora com os hipócritas.

Apesar de não existir nada nesta passagem que indique que ela está descrevendo uma organização religiosa, as Testemunhas de Jeová afirmam que esta passagem está falando profeticamente da organização Torre de Vigia. Elas afirmam que a sua organização foi nomeada por Jeová Deus, para dar alimento espiritual ao povo de Deus nos últimos dias, através da publicação de seus muitos livros e revistas.

Será que o “alimento espiritual” que a Torre de Vigia transmite na sua literatura prova que ela está qualificada para ser o escravo “fiel e discreto” de Deus, O seu “canal de comunicação” para a humanidade? Vamos rever o registo e ver o que ele mostra:

1. DISTORCENDO A PALAVRA DE DEUS: (Provérbios 30:6): A Sociedade Torre de Vigia afirma que os tradutores da sua Tradução do Novo Mundo  permaneceram no anonimato, mas quando  pesquisas revelaram quem os tradutores eram, foi descoberto que a maior parte dos tradutores fazia  parte do Corpo Governante da Sociedade Torre de Vigia e que a todos eles faltava a educação necessária para produzir uma tradução exacta. Eruditos do grego  têm declarado constantemente que esta é uma tradução tendenciosa, que distorce versículos para que estes encaixem na doutrina da Torre de Vigia e que acrescenta à Palavra de Deus por inserir “Jeová” nas Escrituras Gregas Cristãs, contrariamente a todos os manuscritos Cristãos Gregos. Estaria Jeová por detrás de uma organização que “acrescenta” e “retira” da Sua Palavra?

2. MENTINDO NA SUA LITERATURA: (Tito 1:2): A Sociedade Torre de Vigia nega que tenha publicado a Biografia de Russell  porque não queria que as pessoas soubessem que as antigas Testemunhas de Jeová “adoravam” Russell. Eles encobriram, através de desculpas, o seu histórico de citações de livros relacionados com o “mundo espiritual” de Satanás, e que eles mentiram acerca dos verdadeiros ensinos dos antigos Pais da Igreja, a fim de apoiar a sua crença de que a doutrina da Trindade é de origem pagã. Estaria Jeová, que é o Deus da “verdade”, por detrás de uma organização desonesta?

3. VIOLANDO OS PRINCÍPIOS DE NEUTRALIDADE: (João 18:36): Embora alegando que as Nações Unidas representam a “Fera” de Revelação 17, a Torre de Vigia esteve associada com as Nações Unidas durante 10 anos. Eles também afirmam que foram “neutros” durante a II Guerra Mundial, mas numa carta dirigida a Hitler em 1933, eles admitiram perante ele que apoiavam os “princípios” do seu regime. É esta a verdadeira neutralidade ou compromisso?

4. FALSAS PROFECIAS: (Deuteronómio 18:20-22): Embora proclamando ser o “Profeta de Deus” e falando “em nome de Jeová,” a Torre de Vigia anunciou várias datas falsas para o fim do mundo, tendo até mesmo proclamado que a presença de Cristo começou em 1874. Esta falsa proclamação da presença de Cristo é precisamente a advertência que Jesus deu aos Seus seguidores, quando Ele disse que os “falsos profetas” iriam proclamar isso nos últimos dias! (Veja Mateus 24:11, 23-24) Porque iria Jeová designar um grupo para O representar, que estava fazendo a mesma coisa que Jesus avisou que os “falsos profetas” fariam nos últimos dias?

5. CULPADOS DE SANGUE: (Jeremias 22:17): A Torre de Vigia tem interpretado erradamente a Lei de Deus sobre o Sangue e essa má interpretação tem levado a incontáveis mortes de crianças inocentes. As Testemunhas de Jeová têm perecido, não apenas pela actual rejeição da Sociedade Torre de Vigia de todas as transfusões de sangue, mas também pelas suas anteriores rejeições das preparações hemofílicas, vacinas e transplantes de órgãos— tudo isto que agora é aceite como já não violando a Lei de Deus sobre o Sangue! Será que as pessoas que morreram sob a aplicação errada da Sociedade Torre de Vigia da Lei de Deus sobre o Sangue, morreram em vão?

Quando consideramos o facto de que a  organização da Sociedade Torre de Vigia é culpada de violar a Palavra de Deus (a Bíblia) desta forma, temos que perguntar-nos, “Como pode esta organização ser qualificada para ser representante de Deus na terra?”

MUDANÇAS NA “VERDADE” DA TORRE DE VIGIA:

A Torre de Vigia admite que é um  “assunto sério” alterar por completo um ensino fundamental da doutrina da fé religiosa.  Eles afirmam que “é assunto sério representar Deus e Cristo de um modo, e depois achar que nosso entendimento dos principais ensinos e das doutrinas fundamentais das Escrituras estava errado, e, daí, retornar às mesmas doutrinas que, por anos de estudo, cabalmente verificamos ser erradas. Os cristãos não podem vacilar — ser indecisos — a respeito de ensinos fundamentais. Que confiança se pode ter na sinceridade ou no critério de tais pessoas?” —A Sentinela, 15 de Abril,1977, pág. 246

A Torre de Vigia afirma que o ensino que promove na sua literatura é “a Verdade.” No entanto, desde a sua fundação em 1879, a Torre de Vigia já alterou a sua posição sobre uma série de doutrinas fundamentais, como a tabela (acima) demonstra.

MUDANÇAS NA “VERDADE” DA TORRE DE VIGIA:

DOUTRINA

PRIMEIRA

SEGUNDA

TERCEIRA

QUARTA

Irá Sodoma ser ressuscitada?

Sim: 1879-1951

Não: 1952-1964

Sim 1965-1988

Não: 1988

Identidade das “Autoridades superiores” em Romanos 13:1

Governos humanos: 1879-1929

Jeová e Jesus Cristo: 1929-1962

Governos humanos:1963-presente

Identidade do  “Escravo Fiel e Discreto” em Mateus. 24

Uma classe de pessoas: 1879-1897

Um indivíduo: 1897-1928

Uma classe de pessoas: 1929-presente

Miguel  o Arcanjo

Não é Jesus: 1879

É o Papa: 1917

É Jesus: 1920-Presente

Deveria Jesus ser “adorado”?

Sim: 1879-1953

Não: 1954-presente

Jesus referiu-se a quê quando disse “este é o meu corpo”?

À igreja: 1953-1955

O seu corpo carnal: 1956-presente

Data para o Início da presença “invisível”  de Cristo

Em  1874: 1879-1929

Em 1914: 1929-presente

Jesus morreu numa cruz ou numa estaca de  tortura?

Cruz: 1879-1935

Estaca de tortura: 1936-presente

São os Transplantes de Orgãos permitidos às Testemunhas de Jeová?

Não: é Canibalismo 1967 – 1979

Sim: 1980- presente

Celebrar Natal e aniversários

Sim: 1879-1926

Não: 1927-presente

Apoiar a  Guerra e Políticos

Sim: 1879-1935

Não: 1936-presente

Grande Pirâmide no Egito

Testemunha de Deus: 1879 –1927

Bíblia de Satanás: 1928– presente

Dadas as evidências de mudanças significativas na “verdade” da Torre de Vigia, como o artigo da Sentinela de 15 de Abril de 1977 admite, “Que confiança se pode ter na sinceridade ou no critério” da sua liderança?

Testemunho de Fred W. Franz, da Sociedade Torre de Vigia, num julgamento na Escócia em 1954:

  • PERGUNTA: De modo que aquilo que hoje é publicado como verdade pela Sociedade, pode ter de ser considerado errado alguns anos depois?
  • RESPOSTA: Temos de esperar para ver.
  • PERGUNTA: E enquanto isso a comunidade das Testemunhas de Jeová fica seguindo um erro?
  • RESPOSTA: Elas ficam seguindo uma interpretação errada das Escrituras.
  • PERGUNTA: Um erro?
  •  RESPOSTA: Sim, um erro.—Douglas Walsh Trial, 1954, p. 114

EFÉSIOS 4:14-15: “para que não mais sejamos meninos, inconstantes, levados ao redor por todo vento de doutrina, pela fraudulência dos homens, pela astúcia tendente à maquinação do erro…”

Na Sua parábola de Mateus 24:45-51, longe de falar de uma organização religiosa, Jesus estava a falar para Cristãos individuais que se provariam fieis ou infiéis a Ele, pelo modo como vivem as suas vidas.

Esta parábola não é diferente de qualquer outra parábola que Jesus deu sobre os escravos fieis e infiéis. O ponto a destacar da  parábola de Jesus em Mateus 24:45-51, é que cada Cristão deve esforçar-se por ser “fiel” ao Senhor, de forma a que quando Ele retornar pelo Seu povo, ache estes Cristãos “fieis” e assim os recompense com mais autoridade e responsabilidade. Assim como qualquer indivíduo pode tornar-se parte do grupo do “escravo” iníquo por ser infiel a Deus, da mesma forma alguém pode tornar-se parte do grupo do “escravo” fiel, por ser fiel nas tarefas confiadas pelo Espírito Santo.

Na verdade, nós colocamos as nossas almas em grande perigo se confiarmos o nosso destino eterno nas mãos de líderes humanos, em matéria de segurança espiritual.  A Bíblia diz, “Maldito o varão que confia no homem, e faz da carne o seu braço.” (Jeremias 17:5).  O único a quem devemos seguir em busca de vida eterna e Verdade espiritual é Jesus Cristo Ele declara, “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por Mim.” (João 14:6) 

Print Friendly, PDF & Email

This post is also available in: EspanholTchecoItalianoInglêsPortuguese