Diálogo 4: Quão Perto Está o Fim?

ccjw-en-adbullets CONVERSAS CRISTÃS COM AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
— Respostas Bíblicas a perguntas que as Testemunhas de Jeová fazem

 (CAPÍTULO 8: “A vida familiar que agrada a Deus”)

Está o fim tão perto que não se deva viver uma vida “normal”? Será que as Testemunhas de Jeová afirmam ser profetas inspirados? O que mostram os registos? São as “especulações” da Torre de Vigia falsas profecias?

SUSANA: Olá Isabel, como está o bebé hoje? Ela melhorou da constipação que tinha na semana passada? 

ISABEL: Sim, Susana. Ela está bastante melhor e parece ter períodos maiores sem tosse. Você tem filhos? 

SUSANA: Não, Isabel. O Carlos e eu falámos sobre isso quando nos casámos e decidimos, em vez disso, pôr o ministério do Reino em primeiro lugar. Tal como estamos a estudar na brochura, O Que Deus Requer de Nós? Jeová espera dos pais: “gastar tempo com os filhos e estudar a Bíblia com eles, cuidando das suas necessidades espirituais e emocionais.”1. Visto que eu e o Carlos somos pioneiros de tempo integral, não achamos que pudéssemos gastar tempo e energia para criar crianças no caminho de Jeová e, ao mesmo tempo, poder servir no ministério tanto quanto nós estamos servindo a Ele agora. 

ISABEL: Susana, porque é que o seu tempo no ministério do Reino é tão importante para você, a ponto de você e o Carlos desistirem da alegria de criar crianças, a fim de gastar mais tempo na organização Torre de Vigia? 

SUSANA: Bem, Isabel, eu acho que a Sociedade disse que era o melhor quando disseram no artigo da Sentinela de 15 de Fevereiro de 2000: “As pessoas dos dias de Noé “não fizeram caso” e continuaram absortas na sua rotina. Numa situação de emergência, a pessoa não pode levar uma vida “normal.”2.  Está a ver, Isabel, nós estamos vivendo nos “últimos dias” deste sistema de coisas iníquo. No artigo intitulado “Mantende-vos Vigilantes,” de A Sentinela de 15 de Janeiro de 2000 diz: “A destruição deste sistema de coisas será surpreendentemente repentina.… Realmente, nunca foi tão urgente nos mantermos vigilantes.”3. Tal como a Sociedade observou no artigo de A Sentinela 1 de Agosto de 2000: “Isso não quer dizer que é errado ter filhos atualmente, mas muitos cristãos preferem não os ter para poderem empenhar-se plenamente na obra urgente que Jeová deu ao seu povo. Alguns casais.… decidem ficar sem filhos e consideram a possibilidade de tê-los no novo mundo justo de Jeová.”4.

ISABEL: Susana, está a dizer que a razão pela qual você e o Carlos decidiram não ter filhos, é porque vocês acreditam que o fim está tão perto, que sentem que seria melhor dar o vosso tempo para o trabalho de pregação na esperança de que após a batalha do Armagedom, possam ter filhos no novo mundo? 

SUSANA: É isso, Isabel. Uma das razões pelas quais sabemos que o fim está tão perto é porque a Sociedade disse na Sentinela de 15 de Janeiro de 2000: “Parece que, no ano de 1935, o ajuntamento geral dos ungidos foi concluído.…o número dos genuínos discípulos ungidos de Cristo está ficando bem pequeno, embora alguns deles evidentemente ainda estarão na Terra quando começar a grande tribulação.”5. Por isso pode ver, Isabel, porque a Sociedade diz que alguns desses irmãos ungidos ainda estarão na terra quando a tribulação começar, nós sabemos que o fim tem que ocorrer em algum momento antes desses irmãos morrerem. Como sabemos que a maioria dos membros mais novos desta classe ungida de pessoas terá cem anos até ao ano de 2035, o Armagedom deve estar apenas a uns poucos anos de distância. 

ISABEL: Então deixe-me ver se entendi. Susana, é o entendimento da Sociedade Torre de Vigia que a geração de pessoas que vivem desde 1935 não devem passar antes que venha o fim? 

SUSANA: Bem, eu acho que é o que eles dizem, Isabel. Não tinha pensado nisso nesses termos antes. 

ISABEL: Não foi apenas há alguns anos atrás que a Torre de Vigia parou de ensinar que o Armagedom viria antes que a geração de pessoas que viveram em 1914 morresse? 

SUSANA: Sim, Isabel, a sociedade ensinou isso por cerca de trinta anos, mas em 1995, eles receberam “nova luz.” No artigo de A Sentinela de 1 de Novembro de 1995, a Sociedade anunciou que o fim viria em qualquer altura e que não se deveria contar a partir de uma geração de pessoas que começou a viver em 1914.6.

ISABEL: Então, Susana, o que aconteceu à “nova luz”? Estão eles agora a especular que a geração deve ser contada a partir de 1935 em vez da original data de 1914? 

SUSANA: Bem, eu acho que é o que eles estão a dizer. 

ISABEL: Susana, em que é isto diferente das especulações que a Torre de Vigia fez em relação ao fim ocorrer em 1914, 1915, 1918, 1925, os anos 40, e 1975?7. Será o caso de eles esperarem que se adivinharem vezes suficientes, irão eventualmente acertar? 

SUSANA: Não sei, Isabel. Tudo o que eu sei é que o fim está muito perto. Não acha que estamos vivendo nos últimos dias? 

ISABEL: Sim, Susana, mas não avisou Jesus que nos últimos dias “…levantar-se-ão muitos falsos profetas e enganarão a muitos.”?8.  Não avisa Deuteronômio 18:20-22 que basta uma falsa profecia para fazer um falso profeta? Quantas vezes a Torre de Vigia tem que errar para que as pessoas reconheçam que ela é um falso profeta? 

SUSANA: Isabel, no livro da Torre de Vigia, Raciocínios à base das Escrituras, a Sociedade diz: “As Testemunhas de Jeová não professam ser profetas inspirados. Cometeram enganos. Como no caso dos apóstolos de Jesus Cristo, tiveram às vezes expectativas erradas.”9.

ISABEL: Susana, qual é a diferença entre uma “expectativa errada” e uma falsa profecia? O que faz uma predição ser uma “expectativa errada”, mas não uma falsa profecia? 

SUSANA: Isabel, essa é uma boa questão. Eu acho que terei que dizer que a diferença é quando um falso profeta afirma que a sua predição vem de Jeová Deus e ela falha, acho que isso faria dele um falso profeta. Mas as Testemunhas de Jeová não são falsos profetas, porque no artigo da Despertai! de 22 de Março de 1993, a Sociedade disse: “As Testemunhas de Jeová, devido ao seu anseio pela segunda vinda de Jesus, sugeriram datas que se mostraram incorretas. Por isso, há quem as chame de falsos profetas. No entanto, nunca nesses casos presumiram que suas predições eram feitas ‘no nome de Jeová’.”10.

ISABEL: Susana, está a Sociedade a dizer que nunca afirmou que as suas predições eram “em nome de Jeová”? 

SUSANA: É isso mesmo Isabel. É por isso que as nossas especulações foram apenas “espectativas erradas,” não falsas profecias! 

ISABEL: Susana, leu o artigo de A Sentinela de 15 de Março de 1972?  Nesse artigo, sob o título “O que se exige do mensageiro de Deus,” a Sociedade disse: “Portanto, quando chegou o tempo para o nome de Jeová e seus propósitos serem declarados ao povo, junto com a advertência de Deus, de que a cristandade se encontrava no seu “tempo do fim,” quem estava habilitado para ser comissionado? Quem estava disposto a empreender esta tarefa gigantesca como “servo” de Jeová? Existia alguém a quem o “carro” celestial de Jeová se podia dirigir e parar na frente dele? De modo mais preciso, havia qualquer grupo ao qual Jeová estaria disposto a dar a comissão de falar como “profeta” em Seu nome, assim como se fez para com Ezequiel, lá em 613 A. E. C.? Que qualificações tinha de ter?”11. Então, em artigos subsequentes, a Sociedade passou a explicar que cumpriram as qualificações para falar como profeta em nome de Jeová. Porque está a Sociedade a ser desonesta no seu artigo da Despertai! ao afirmar que eles nunca falaram em nome de Jeová, quando os factos provam que eles falaram? Você realmente quer dar a sua vida a uma organização que é um falso profeta e que mente acerca da sua história, a fim de esconder a evidência? 

COMENTÁRIOS:

Amigos, a história revela que não só a Sociedade Torre de Vigia tem profetizado falsamente o fim numa série de ocasiões, mas em vários momentos ao longo da sua história, a Sociedade encorajou os seus membros a adiar o casamento, ter filhos, e até mesmo a obter educação adicional, apenas porque eles disseram que o fim estava tão perto.12. É de admirar que as Testemunhas de Jeová estejam a deixar a Torre de Vigia para encontrar um relacionamento real  com o Senhor Vivente Jesus, Cristo?  Está cansado de servir uma organização falsa? Jesus disse: “Venham ter comigo todos os que andam cansados e oprimidos e eu vos darei descanso.”13.

bullets Próximo capítulo

=========

1. O Que Deus Requer de Nós?, 1996, pág. 17
2. A Sentinela, 15 Fevereiro, 2000, pág. 6
3. A Sentinela, 15 Janeiro, 2000 pág. 14
4. A Sentinela, 1 Agosto, 2000 pág. 21
5. A Sentinela, 15 Janeiro, 2000 págs. 16, 13
6. A Sentinela, 1 Novembro, 1995 págs. 17, 19
7. O Tempo Está Próximo, 1889, pág. 101 (edição em inglês); O Tempo Está Próximo, ed. 1915, pág. 101 (edição em inglês); O Mistério Consumado,1915, pág. 485 (edição em inglês); Milhões Que Agora Vivem Jamais Morrerão,1920, págs. 89-90, 97 (edição em inglês); A Sentinela,  15 Setembro, 1941, pág. 288 (edição em inglês); Testemunhas de Jeová—Proclamadores do Reino de Deus,  1993, pág. 633
8. Mateus 24:11, Almeida Revista e Atualizada
9. Raciocínios à Base das Escrituras, ed.s 1985, 1989, pág. 162
10. DESPERTAI! 22 Março, 1993, pág. 4
11. A Sentinela, 15 Setembro, 1972, pág. 573
12. Encare os Factos, 1938, págs. 46-47, 50 (edição em inglês); Salvação, 1939, pág. 325 (edição em inglês);
Ministério do Reino, Julho 1974, pág. 3; A Sentinela, 15 de Setembro, 1969, pág. 555
13. Mateus 11:28, A Bíblia para todos (edição interconfessional)

Print Friendly, PDF & Email

This post is also available in: EspanholTchecoInglês