Diálogo 10: Fazendo A Vontade De Deus—O Que Significa “Vir A Jesus”?

ccjw-en-adbullets CONVERSAS CRISTÃS COM AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
— Respostas Bíblicas a perguntas que as Testemunhas de Jeová fazem

(CAPÍTULO 15: “Como ajudar outros a fazer a vontade de Deus”)

A quem Jesus disse que devemos ir de modo a ter vida eterna? É apropriado orar a Jesus?1.

SUSANA: Isabel, “Agora” no nosso estudo da brochura O Que Deus Requer de Nós?, “você já aprendeu da Bíblia muitas coisas boas. Este conhecimento deve induzi-lo a cultivar a personalidade cristã.”2.  Assim como João 17:3 declara “Isto significa vida eterna, que absorvam conhecimento de ti, o único Deus verdadeiro, e daquele que enviaste, Jesus Cristo.”3.  “Tal conhecimento é essencial para que possa ganhar a vida eterna.”4.

ISABEL:  Susana, se eu absorver todo o conhecimento que eu conseguir sobre Jeová Deus e acreditar em Jesus Cristo, não importa realmente a que igreja eu pertenço, pois não?  Desde que eu tenha a Jesus, não teria assegurada a vida eterna? 

SUSANA: Bem, não, Isabel. Jeová requer de nós que ajamos em harmonia com o conhecimento que estamos a absorver. Realmente “é de suma importância crer em Jesus. E suponho que com isso quer dizer aceitar tudo o que ele ensinou. Sem dúvida observou, como eu observei, que muitos que se dizem cristãos realmente não vivem à altura do que esse nome representa.”5.  “Leiamos Mateus 7:21-23 e vejamos se é possível isolar um fator decisivo que determina se Deus aceita ou não todo tipo de adoração. Jesus disse: “Nem todo o que me disser: ‘Senhor, Senhor’, entrará no reino dos céus, senão aquele que fizer a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: ‘Senhor, Senhor, não profetizamos em teu nome e não expulsamos demônios…em teu nome, e não fizemos muitas obras poderosas em teu nome?’ Contudo, eu lhes confessarei então: Nunca vos conheci! Afastai-vos de mim, vós obreiros do que é contra a lei.’ Reconhecer a Jesus Cristo como Senhor é essencial na adoração verdadeira. Mas algo estaria faltando na adoração de muitos que afirmam ser discípulos de Jesus. Ele disse que alguns realizariam “obras poderosas”, tais como supostas curas milagrosas. Contudo, deixariam de fazer o que Jesus disse ser vital. Não estariam ‘fazendo a vontade do Pai’ de Jesus. Se queremos agradar a Deus, temos de aprender qual é a vontade do Pai e daí fazê-la.”6.

ISABEL:  Susana de acordo com João 5:39-40, o que disse Jesus que devemos fazer de modo a agradar a Deus e ter vida eterna? 

SUSANA: Bem, deixe-me ver. João 5:39-40: “Pesquisais as Escrituras, porque PENSAIS que por meio delas TEREIS vida eterna; e estas mesmas são as que dão testemunho de mim. Contudo, VÓS não quereis vir a mim para TER vida.” 

ISABEL:  Susana, a quem Jesus disse que devemos ir de modo a ter vida eterna? 

SUSANA: Bem, Isabel, diz que devemos “vir” a ele—a Jesus. 

ISABEL:  Está certo, Susana. Você fez isso? Você veio a Jesus, por pedir a Ele para perdoar os seus pecados e dar-lhe vida eterna? 

SUSANA: O quê! Isabel? Você quer dizer “orar” a Jesus? Oh, não! Nós não fazemos isso! A quem Jesus nos disse para orarmos? Ele disse-nos para orar a Jeová Deus—em nome de Jesus—mas ele não nos ensinou a orar diretamente a ele. Tal como como o artigo de A Sentinela, 15 de Dezembro de 994 afirma: “Jesus disse em certa ocasião: “Está escrito: ‘É a Jeová, teu Deus, que tens de adorar e é somente a ele que tens de prestar serviço sagrado.’” [Visto] Toda oração é uma forma de adoração… Conforme vimos, as orações são uma forma de adoração, que pertence exclusivamente ao Deus Todo-Poderoso. Por dirigirmos todas as nossas orações a Jeová Deus, indicamos que acatamos a orientação de Jesus, de orar: “Nosso Pai nos céus.’ ”7.

ISABEL:  Susana, a quem Jesus fez tal declaração? Ele fez aos Seus discípulos que—de acordo com João 13—já eram limpos.8. Eles já tinham seus pecados perdoados, e por causa disso, já podiam chamar Deus, seu Pai. Mas você não foi a Jesus, e assim não teve seus pecados perdoados. Está a ver, Susana, quando Jesus esteve na terra, as pessoas oravam diretamente ao Pai, mas assim que Jesus foi para o céu, ocorreu uma mudança no arranjo de Deus. Agora é CORRETO orar a Jesus. Antes não era. E vocês, Testemunhas, precisam entender a mudança no arranjo de Deus. Precisam de vir a Jesus. 

SUSANA: Mas, Isabel, onde você vê isso na Bíblia? Onde você vê pessoas a orar a Jesus? Em João 14:6, Jesus disse “…Ninguém vem ao Pai senão por mim.’…De modo que devemos fazer nossas orações a Deus por meio de Jesus, e não diretamente ao próprio Jesus.”9.

ISABEL:  Susana, um texto onde Jesus nos disse para orar a Ele está aqui em João 14:14 onde Jesus diz: “Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.10.

SUSANA: Espere um pouco, Isabel! A minha Bíblia não diz “Me pedirdes alguma coisa.…”  Ela diz “…pedirdes algo em meu nome.” Até a Sociedade refere com respeito a este versículo que “…o pedido é dirigido a Jeová Deus — mas em nome de Jesus.…Pedimos a Deus que Seu Filho, Jesus, use seu grande poder e autoridade em nosso favor.”11.

ISABEL:  Susana, o que diz a Tradução Interlinear do Reino,do texto Grego da Sociedade Torre de Vigia (edição em inglês), com respeito aos manuscritos originais desta passagem? 

SUSANA: Bem, deixe-me ver, Isabel.  João 14:14, traduzido do inglês diz: “Se sempre algo vocês pedirem me em o nome de mim isto eu farei.” Oh meu…! O “me pedirdes” está no texto Grego do versículo, mas é deixado de fora na  Tradução do Novo Mundo  da Sociedade Torre de Vigia. Pergunto-me porquê? 

ISABEL:  Susana, você acha que os tradutores da Tradução do Novo Mundo, deixaram de fora o “me pedirdes” da sua tradução desta passagem, porque este versículo contradiz o ensino da Torre de Vigia acerca das orações a Jesus? Repare que nesta passagem, Jesus não só encoraja os Seus seguidores a orarem diretamente a Ele, mas Ele é quem responde às orações. “Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.” Veja, Susana, tal como Jesus disse “Ninguém vem ao Pai senão por Mim,” Ele disse também que devemos ir a Jesus e lidar diretamente com Ele antes que possamos chegar a Deus. Você já fez isso? Você “veio” a Jesus—pedindo a Ele para lhe dar vida eterna? Em João 10:28, Jesus diz “…Eu lhes dou vida eterna” ao meu rebanho.  Ele não diz que o Pai dá vida eterna por meio dele. Ele diz “Eu lhes dou vida eterna.…” Você não quer ter vida eterna? Você não quer sobreviver ao Armagedom para a nova ordem de Deus? Então, você tem que cumprir com o arranjo de Jeová para a vida e para o perdão de pecados! Você tem que ir a Jesus. 

SUSANA: Mas, Isabel, nós acreditamos em Jesus e exercemos fé no sacrifício de resgate, mas nós oramos a Jeová Deus! Nós não oramos a Jesus. 

ISABEL:  Susana, Jesus disse em João 6:45 “…todo aquele que da parte do Pai tem ouvido e aprendido, esse vem a mim.”  Porque você acha que Jeová Deus lhe pede para fazer isso? Porque Ele quer que você vá a Jesus?…É porque Jesus, na verdade,  perdoa os seus pecados. Em Marcos 2:10-11, Jesus disse àqueles que O estavam a questionar: “‘Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem sobre a terra autoridade para perdoar pecados’—Ele disse ao paralítico—‘Eu te mando: Levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa.’ ” Jesus tem realmente a autoridade para perdoar os seus pecados. Ele tem realmente a autoridade para dar-lhe vida eterna. 

SUSANA: Mas Isabel, quem deu a Jesus essa “autoridade”? 

ISABEL:  Foi Jeová Deus. 

SUSANA: Então está a ver. Aí está Ele. Veja, Jeová Deus é realmente Aquele que tem a autoridade!

ISABEL:  Mas, Susana, porque Jeová Deus fez isso? Porque deu Ele a Jesus essa autoridade?  Para que Ele pudesse perdoar os seus pecados.  Ele deu a Jesus a autoridade para perdoar os seus pecados, para que você pudesse sentir o perdão dos pecados. É esse o ponto! É por isso que nós vamos a Jesus, e é este o arranjo de Deus.  Susana, você sabia que Jesus nunca falou nenhumas palavras, exceto aquelas que o Pai Lhe deu para falar? Ele não falou por Ele mesmo—mas Ele disse somente aquilo que o Seu Pai Lhe disse para dizer.12. E em Mateus 17, quando Jesus estava na montanha da transfiguração, o que disse Jeová Deus?  “Este é o meu Filho amado…a ele ouvi!”13. Isto é uma ordem! Então, quando Jesus disse “Vem a Mim,” Ele estava a expressar a exata vontade de Jeová Deus para a sua vida—afirmando exatamente o que Deus quer que você, Susana, faça. Porque você acha que eu vou a Jesus? Porque você acha que eu oro a Ele? Porque eu quero obedecer a Jeová Deus! Você não quer? Se Jeová diz “Vão a meu filho, Eu lhe dei autoridade para perdoar seus pecados,” então eu vou a Jesus porque eu quero obedecer a Jeová Deus. De outro modo, eu não o faria. Se agrada a Jeová que eu lide diretamente com o Filho; então esse é o modo que eu quero, porque eu quero cumprir com o arranjo de Deus. Eu quero fazer a Sua vontade. Você já fez isso, Susana? Você já obedeceu a Jeová Deus por cumprir o Seu arranjo? Você já veio a Jesus? Orou a Jesus? Pedindo a Ele para lhe perdoar os seus pecados?

SUSANA: Não, Isabel.  Nós honramos a Jesus, mas não oramos a ele. 

ISABEL:  Bom, então, eu estou preocupada que você não tenha vida eterna. Você não tem os seus pecados perdoados. Você está em perigo de ser destruída no Armagedom, porque você não cumpriu com o Seu arranjo. Está a ver, nem todo aquele que disser “Senhor, Senhor,” “Jeová, Jeová” entrará no Reino de Deus, mas aquele que fizer a vontade de Jeová Deus—e você não fez, Susana. Você ainda não tem seus pecados perdoados, e quando o Armagedom vier—você será destruída no Armagedom apesar de toda a atividade teocrática e todas as obras teocráticas. 

SUSANA: Isabel, quem a fez a si, juíza? Como pode saber? A Bíblia diz “Parai de julgar, para que não sejais julgados.”14.

ISABEL:  Espere um pouco, Susana! Porque pensa que lhe digo isto?…Porque quero vê-la salva—como sendo alguém a quem foram perdoados os pecados. Eu amo-a! Eu não quero vê-la ser varrida no Armagedom. É por isso que lhe digo estas coisas. É por isso que me preocupo com isso. E pelas palavras que profere da sua boca, você condenou-se a si própria! Você disse-me que não veio a Jesus. Você ainda não se ajustou ao arranjo de Deus. E com base nas suas palavras, eu digo-lhe “Você será destruída.” Veja Susana, a certa altura eu era religiosamente ativa—indo fazendo trabalho de rua e pregando o Reino de Deus—mas eu não tinha paz. Eu não tinha alegria. Eu não tinha satisfação na minha vida. Eu não tinha um senso de aprovação de Jeová na minha vida. E foi então que Deus me mostrou a provisão do resgate. Eu estava condenada pelos meus pecados e Deus mostrou-me o que Jesus fez por mim na estaca de tortura. Eu vi meus pecados serem transferidos para ele. Eu vi-o morrer pelos meus pecados—pagando a penalidade pelos meus pecados. E sabe, Susana? Eu fui a Jesus. Eu pedi-lhe para perdoar meus pecados e sabe o que me aconteceu naquele momento quando aceitei o arranjo de Jeová? 

SUSANA: Não, o que aconteceu? 

ISABEL:  Num momento eu estava condenada pelos pecados. O momento a seguir, Eu estava livre deles, limpa. Eu tinha um senso de alegria, senso de paz, meus pecados foram perdoados. Em um momentos eu tinha aquela sensação de que não havia feito o suficiente para Jeová Deus. Eu não tinha alcançado a Sua aprovação. O momento a seguir, eu tinha a dádiva dada por Deus, de que tinha sua aprovação e sabe que mais? Jeová Deus tornou-se meu próprio Pai, pela primeira vez na minha vida. Antes, Ele apenas estava lá em cima nos céus— a milhares de quilómetros de distância. Eu estava adquirindo conhecimento sobre Ele, aprendendo sobre Ele, mas eu não O conhecia. Eu não tinha uma relação achegada com Ele. Alguma coisa faltava e eu não sabia o que era. Mas no momento em que aceitei o arranjo de Deus, no momento em que eu obedeci a Jeová Deus, imediatamente eu tive um senso da presença de Deus, a sensação de que Ele era um Pai para mim, pela primeira vez. Agora, quero que saiba que eu não ouvi vozes ou tive visões. Quero que saiba que foi um encontro calmo, mas quero também que saiba que foi um genuíno, instantâneo evento sobrenatural que ocorreu no meu coração. E quero que saiba que não foi demoníaco.

SUSANA: Como sabe que não foi demoníaco?! Eu vou de porta em porta …Tenho visto pessoas dizendo “Eu fui salva! Eu fui salva!”, mas é preciso ter cuidado! O “Diabo, anda em volta como leão que ruge, procurando [a quem] devorar.”15. Como você sabe que não foi demonismo? 

ISABEL:  Eu sei que não foi demonismo porque eu fiz EXATAMENTE o que Jeová Deus me disse para fazer! Ele disse-me para ir a Jesus, eu fui a Jesus. Ele disse para orar a ele, para ir a ele, e eu o fiz. Eu obedeci a Deus! E porque eu obedeci a Deus, minha experiência foi genuína. Não foi falsa.

COMENTÁRIOS:

Amigos, quão bem conheceriam o vosso melhor amigo se tudo o que fizessem, fosse ler livros e “obter conhecimento” sobre o vosso amigo, mas nunca passassem tempo a falar com o vosso amigo e a conhecê-Lo pessoalmente? Em Mateus 7:23, Jesus disse a esses indivíduos que falharam em fazer a vontade de Deus que Ele nunca os conheceu—não porque Ele não sabia nada sobre eles—mas porque eles falharam em fazer a vontade de Deus no sentido de conhecer a Jesus pessoalmente. Eles falharam porque não tiveram um relacionamento intimo com Ele, por pedir a Ele para perdoar os seus pecados, e em resultado disso Ele mandou-os embora, dizendo: “Nunca vos conheci!” É por isso que Jesus disse em João 17:3 “…E a vida eterna é esta: que eles conheçam a ti, que és o único Deus verdadeiro; e conheçam também Jesus Cristo, que enviaste ao mundo.”16.  Como pode você conhecer a Jesus se nunca fala com Ele  e se nunca o conheceu pessoalmente? 1 Coríntios 1:9 declara “Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados à comunhão de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.”17.  Como pode alguém ter companheirismo com uma pessoa com quem ele nunca fala?18. 

bullets Próximo capítulo

=========

1. As crenças falsas das Testemunhas de Jeová, de que Jesus morreu numa estaca de tortura em vez de numa cruz e de que os iníquos são destruídos em vez de atormentados num inferno de fogo, não são discutidas neste diálogo, porque o foco é apresentar o evangelho. Visto que este falso ensino das Testemunhas de Jeová não é essencial à salvação, não é desafiado neste diálogo entre Isabel e Susana. A maioria do conteúdo deste diálogo foi retirado de uma mensagem audio intitulada,  A Few Effective Methods of Witnessing to Jehovah’s Witnesses, (Alguns Métodos Práticos de Testemunhar as Testemunhas de Jeová), por Arnold Hoffman (Edição em inglês)
2. O Que Deus Requer de Nós?, 1996, pág. 30, parág. 1
3. Tradução do Novo Mundo
4. O Que Deus Requer de Nós?, pág. 30, parág. 1
5. Raciocínios À Base das Escrituras, ed.s 1985, 1989, pág. 316
6. Conhecimento Que Conduz À Vida Eterna, 1995, pág. 46
7. A Sentinela, 15 de Dezembro, 1994, págs. 24, 23, 25
8. Veja João 13:10
9. A Sentinela, 15 de Dezembro, 1994, pág. 24
10. Almeida Revista e Atualizada
11. A Sentinela, 15 de Dezembro, 1994, pág. 25`
12. João 8:28
13. Mateus 17:5, Almeida Revista e Atualizada
14. Mateus 7:1, Tradução do Novo Mundo
15. 1 Pedro 5:8, Tradução do Novo Mundo
16. Nova Tradução na Linguagem de Hoje
17. Almeida Revista e Atualizada
18. Almeida Revista e Atualizada

Print Friendly, PDF & Email

This post is also available in: EspanholTchecoInglês