Eu Tenho Medo De Ser Destruído No Armagedom

heavenlysunset

EU TENHO MEDO DE SER DESTRUÍDO NO ARMAGEDOM. — E se afinal as Testemunhas de Jeová estão certas?

“Eu ainda sou uma Testemunha de Jeová, mas tenho muitas dúvidas e perguntas quanto à possibilidade da Organização da Torre de Vigia, ser ou não, realmente ‘A Verdade.’ Estou tão confuso, e sinto que quero apenas ir embora, mas o que me mantém aqui é o medo de que o Armagedom venha. Eu não quero ser destruído! Eu quero estar do lado de Jeová, mas tenho tanto medo. E se as Testemunhas de Jeová estão certas sobre o Armagedom, afinal? Se eu sair irei ser destruído por Jeová PARA SEMPRE? Eu não quero morrer! Eu apenas não sei o que fazer… Sinto-me preso!”

Anne MarieA NOSSA RESPOSTA:

Querido amigo,

O meu nome é Anne Marie. Eu li a sua pergunta e o meu coração ficou com você! Eu entendo o seu medo. A sério que sim! Eu também tive medo da vinda do Armagedom a maior parte da minha vida, até que descobri que os “Cristãos” não têm este medo. Eles também não parecem ter o stress e as preocupações em relação ao futuro que eu tinha como Testemunha de Jeová. Eles tinham uma tal “paz” e eu perguntava-me como eles conseguiam isso. Então, eu descobri PORQUE eu não tinha “paz” em relação ao meu futuro e porque os Cristãos não tinham medo do Armagedom. Eu aprendi que o ARMAGEDOM NÃO TEM NADA A VER CONOSCO COMO CRISTÃOS!

A maioria das Testemunhas de Jeová vê-se como sendo membros da “grande multidão.”1. Mas você sabe onde a Bíblia diz que a “grande multidão” irá estar quando chegar o Armagedom? De acordo com Apocalipse 7:9, eles estão no Céu! Sim! Eles estão de pé “diante do trono” no Céu! Apocalipse 7:15 diz que os membros da grande multidão estão prestando-Lhe “serviço sagrado dia e noite no seu templo.” Como podem eles servir “dia e noite no seu templono Céu, 2. se a “grande multidão” está de algum modo ainda na terra nesse momento? 3. Até Apocalipse 16:16, o Armagedom nem sequer é mencionado na Bíblia. Assim, a “grande multidão” já está no Céu e eles estão de pé “diante do trono e diante do Cordeiro” quando o Armagedom irromper sobre a terra!

Posso compartilhar consigo o que aprendi com esses Cristãos? Posso compartilhar consigo o que me deu uma esperança, uma paz, uma segurança e uma alegria que eu nunca tinha conhecido antes? Eu espero que você leve em conta aquilo que vou dizer-lhe porque se eu tivesse sabido, quando era mais nova, o que eu sei agora sobre Deus e o Armagedom, eu teria sido poupada a muitos anos de stress, confusão, culpa, preocupação e medo. Eu quero dizer a todas as Testemunhas de Jeová que têm medo tal, como eu tinha, porque é que eu já não tenho nenhum medo do Armagedom, porque agora tenho um sentimento profundo de paz e contentamento que eu nunca tinha tido antes, porque me sinto totalmente segura no amor de Deus não importa onde esteja, a que religião ou organização, eu possa ou não, pertencer!

Aqui está o que me foi mostrado na minha própria Tradução do Novo mundo das Escrituras Sagradas por um Cristão muito amoroso. Você sabia que Jeová Deus, na verdade, tem um plano de salvação para toda a humanidade! Jesus disse:

Vinde a mim, todos os que estais labutando e que estais sobrecarregados e eu vos reanimarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, pois sou de temperamento brando e humilde de coração, e achareis revigoramento para as vossas almas, pois o meu jugo é benévolo e minha carga é leve.”—Mateus 11; 28-30

“Quem ouve a minha palavra e acredita naquele que me enviou tem vida eterna.” —João 5:24

“Pesquisais as Escrituras porque pensais que por meio delas tereis vida eterna …Contudo vós não quereis vir a mim para ter vida.” —João 5:39. 40

“Todo aquele que está do lado da verdade escuta a minha voz.” —João 18:37

“Continua a seguir-me.” —João 21:19

“E eu lhes dou vida eterna, e elas não serão jamais destruídas, e ninguém as arrebatará da minha mão.” —João 10:28)

“Eu sou a luz do mundo. Quem me segue de modo algum andará na escuridão, mas possuirá a luz da vida.” —João 8:12

“…vós não acreditais porque não sois das minhas ovelhas. Minhas ovelhas escutam a minha voz e eu as conheço, e elas me seguem.” —João 10:26-27

“…todo aquele que vive e exerce fé em mim nunca jamais morrerá. Crês nisso?” — João 11:26

“Digo-te em toda a verdade, a menos que alguém nasça de novo, não pode ver o reino de Deus.” —João 3:3

“Vós tendes de nascer de novo.” —João 3:7

“Pois Deus enviou seu filho ao mundo…para que o mundo fosse salvo por intermédio dele.” —João 3:17

“…todo aquele que nele exercer fé não seja destruído mas tenha vida eterna.”—João 3:16

“…e aquele que vem a mim eu de modo algum o enxotarei.” —João 6:37

E finalmente:

“Eu sou o caminho , e a verdade, e a vida…”—João 14:6

Jesus foi muito claro. Ele sempre nos disse exatamente o que Ele queria dizer, e disse-nos exatamente o que precisavamos saber. Em nenhuma parte das Escrituras referente aos seguidores de Cristo nós vemos alguma coisa sobre estar preocupado em sobreviver ao Armagedom. Na verdade, excepto na parte final do Apocalipse, a palavra “Armagedom” está completamente ausente das Escrituras Cristãs! Assim, vemos de imediato que o Armagedom é algo que não tem nada a ver conosco, como povo de Deus!

Se o Armagedom fosse algo para os Cristãos se preocuparem, e se juntar a uma religião especial ou a uma organização fosse obrigatório para ser “salvo,” não acha que Jesus o teria mencionado? Mas, vamos ver o que Ele REALMENTE disse!

Claramente, apenas a partir dos poucos textos citados acima, vemos que devemos “chegar até Jesus” para a salvação, porque Ele é verdadeiramente “o caminho” da salvação, segundo o arranjo de Deus. Além disso, podemos ver que em nenhum lugar nas Escrituras encontramos algum limite para o número daqueles que poderão encontrar a salvação celestial através de Cristo. Antes, encontramos palavras tais como: “aquele que,” “o que,” “qualquer que,” “todos,” “alguém que,” e “todo aquele.”

Para além disso, vemos nestes textos que aquele que crê em Cristo “TEM vida eterna” (João 6:47). Jesus até mesmo prometeu que Ele não iria afastar AQUELE que viesse a Ele em busca de salvação (João 6:37). Ele disse que uma vez que nos cheguemos a Ele em busca de salvação, uma vez que voluntariamente pertençamos a Ele, ninguém poderá arrebatar-nos da Sua mão, nem da mão de Seu Pai (João 10:27-29)! Então, de modo algum seremos destruídos por Jeová e Jesus que promete manter-nos para sempre! Podemos encontrar conforto nesta promessa:

“Pois estou convencido de que nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem governos, nem coisas presentes, nem coisas por vir, nem poderes, nem profundidade, nem qualquer outra criação será capaz de nos separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.”—Romanos 8:38-39

As Escrituras são claras. Devemos “ir a Jesus” a fim de ser salvos, “exercer fé em Jesus” a fim de ser salvos, e quando aceitamos Jesus como nosso Senhor e Salvador, o Espírito Santo de Deus e de Jesus penetra no nosso coração e passamos a verdadeiramente “nascer de novo,” como Jesus prometeu, e disse que teria que ser. (Veja 1 Tessalonicenses 4:8; Colossenses 3:11; 1 João 3:24; Efésios 1:13-14)

“E o testemunha dado é o seguinte, que Deus nos deu a vida eterna, e esta vida está em seu Filho. Quem tem o Filho, tem esta vida; quem não tem o Filho de Deus, não tem esta vida. Escrevo-vos estas coisas para que saibais que tendes vida eterna, vós os que depositastes a vossa fé no nome do Filho de Deus.”—1 João 5:11-13

Jesus morreu para nos libertar da escravidão da Lei Mosaica, e de seguir quaisquer “leis de homens,” como nos mostra João 8: 31-32, 36, onde Jesus diz:

“Se permanecerdes na minha palavra, sois realmente meus discípulos, e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará…Portanto, se o Filho vos libertar, sereis realmente livres.”

Repare que primeiro devemos permanecer na palavra de Jesus de modo a “ser seus discípulos,” e DEPOIS nós iremos “conhecer a verdade,” e DEPOIS irá nos “libertar.” Mas “livres de quê?” você pode perguntar. Bem, livres do medo, pelo menos! 2 Timóteo 1:7 diz que Deus não nos deu um “espírito de covardia”! Paulo diz em Gálatas 5:1, “Por tal liberdade Cristo nos libertou.”

A Torre de Vigia coloca-nos sob um “jugo de escravidão,” dizendo-nos que os textos citados sobre ter salvação, e garantia de vida, não se aplicam a nós, e que nós temos que obedecer a ELES como o único “caminho” para estar “aprovado” perante Deus, que temos que acreditar e confiar NELES como a única origem da “verdade” pura, que temos que ser leais a ELES, e obedientes a ELES de modo a poder ter qualquer esperança de vida eterna, mas este ensino NÃO está de acordo com Jesus, nem está de acordo com a Palavra de Deus, que é verdade (João 17:17).

O seguidor inocente da Organização da Torre de Vigia vive com o medo constante de perder tudo devido a alguma falha ou “fracasso” humano, e até mesmo perder a própria vida eterna por ser DESTRUÍDO por Jeová no Armagedom. Este medo de não ser achado “digno” no Armagedom e de ser destruído por Jeová “no dia da Sua ira” é uma constante ameaça à verdadeira paz que é suposto termos em Cristo. Fomos ensinados que não pertencemos à “elite” do “pequeno rebanho” que supostamente são os únicos que irão para o Céu, mas isso é outra mentira! Jesus diz claramente em João 10:16 que todas as Suas ovelhas se tornarão “um só rebanho,” e em Efésios 4:4 vemos que existe só “uma fé” e “uma esperança”—uma esperança Celestial!

O medo do Armagedom não mais deve assustar-nos, como se fôssemos crianças pequenas, com medo do escuro. Nós não devemos ter medo de ver o que a Palavra de Deus nos diz. Nós não devemos ter medo de “doutrinas de homens” com o objetivo de “nos desviar” e de “nos escravizar.” (Gálatas 1:6-9; 2:4, 5)

Os textos que nos ensinaram a usar, como Testemunhas de Jeová, quando pregávamos as “boas novas” da Torre de Vigia sobre o restabelecimento do Reino de Deus, tinha mais a ver com a nação de Israel e o pacto de Deus com o povo Judeu, ao invés das verdadeiras “boas novas” de Jesus Cristo. Além disso, precisamos entender que Jesus não morreu para “equilibrar” a “balança da justiça” de modo a sermos “livres” para TRABALHAR pela nossa salvação, e depois ESPERAR que possamos ser achados “suficientemente bons” para ser “dignos” de ser “poupados” por Jeová. Não foi por isso que Jesus morreu! (Gálatas 2:21) Pedro referiu-se à vida que Jesus nos dá, como “dádiva gratuita de Deus” em Atos 8:20, e não nos devemos esquecer que do Eunuco que queria que Filipe lhe explicasse quem era Jesus e sobre o que era o plano de salvação; e uma vez que ele entendeu, ele quis ser batizado imediatamente e ele “seguiu caminho alegrando-se”! (Atos 8:26-39) Agora, teria o Eunuco seguido o seu caminho “alegrando-se”, se ele não pudesse ser batizado até que respondesse a aproximadamente 80 perguntas sobre a doutrina correta, e tivesse que “ganhar” a sua “esperança” de salvação através de esforços LEAIS a uma organização religiosa? As “boas novas” da Torre de Vigia, inseridas na história do eunuco Etíope, simplesmente não fazem qualquer sentido! Pode ver agora porque o Armagedom não é para ser temido por nós Cristãos? Na verdade, este é um facto Bíblico!

PARA MAIS INFORMAÇÕES VEJA:

bullets IRÁ A “GRANDE MULTIDÃO” ESTAR NA TERRA QUANDO O ARMAGEDOM IRROMPER?

=========

1. Todas as citações das Escrituras são retiradas da Bíblia das Testemunhas de Jeová, Tradução do novo mundo. Nota: Algumas traduções da Bíblia usam o termo “povo numeroso” referindo-se à “grande multidão” de Apocalipse 7:9.

2. Veja Apocalipse 11:19 e 14:17.

3. Nota: A Torre de Vigia tem usado vários argumentos contra a leitura simples de Apocalipse 7:15, para tentar conciliar ensinos contraditórios acerca da “grande multidão” servindo na Terra, em vez de no Céu. Saiba mais lendo o seguinte artigo: ESTARÁ A “GRANDE MULTIDÃO” NA TERRA QUANDO O ARMAGEDOM IRROMPER?.

Print Friendly, PDF & Email

This post is also available in: EspanholTchecoRussoInglês