Abuso nas Testemunhas de Jeová e como Perdoar

Mountain Flowers

.:COMO POSSO PERDOAR O MEU PAI TESTEMUNHA DE JEOVÁ QUE ABUSOU DE MIM E OS ANCIÃOS QUE NÃO FIZERAM NADA ACERCA DISSO?

“Estou enviando-lhes este email porque estou muito zangado com os anciãos da congregação das Testemunhas de Jeová onde eu assistia às reuniões quando estava crescendo. O meu pai era mentalmente doente, batia-nos e molestava-nos. Os anciãos do Salão do Reino não fizeram nada. Aos 14 anos, confrontei um dos principais anciãos e perguntei por que ele não fez nada sobre o comportamento abusivo do meu pai. Ele disse : “O que eu deveria ter feito?” É a velha resposta: “Deixe nas mãos de Jeová”, o que basicamente significa ignorar o seu comportamento e fingir que não aconteceu. Eu tenho agora 32 anos de idade e tenho momentos em que é difícil não explodir emocionalmente quando as Testemunhas de Jeová vêm à minha porta. Eu digo a elas o que aconteceu na minha família para que elas saibam que algo estava horrível na sua congregação e que a justiça não foi feita. Eu sei que preciso “perdoar”, visto que agora sou um crente nascido de novo em Jesus Cristo, mas eu não posso deixar  de ficar com raiva quando eles me chamam de “apóstata”. Até mesmo tive que ameaçar chamar a polícia para conseguir que um ancião deixasse a minha porta, depois de eu dizer a ele o meu passado e porque saí. Estou com raiva de toda a organização. Eles são doentes! De qualquer forma, é com isto que eu estou lidando agora. Continuar a ler “Abuso nas Testemunhas de Jeová e como Perdoar”

A História da Saída de Christine das Testemunhas de Jeová

christine

O TESTEMUNHO DE CHRISTINE

Eu nasci em 1949, em Inglaterra. Quando a minha mãe estava grávida de mim, a minha tia, que era uma Testemunha de Jeová, convenceu a minha mãe a iniciar um “Estudo da Bíblia” com uma de suas amigas Testemunhas de Jeová. A mulher que estudou com a minha mãe foi considerada uma dos do “restante ungido” dos 144.0001. de que fala Apocalipse 7 e 14. Assim, a minha mãe e o meu pai juntaram-se às Testemunhas de Jeová antes de eu nascer.

A minha mãe começou a ter hemorragias durante a gravidez e quase abortou. O médico disse que ela tinha que descansar ou iria perder o seu bebé. Durante este tempo, ela orou a Jeová Deus: “Se eu tiver o bebé, eu o darei a Si e ele irá servi-Lo pelo resto da sua vida.” Fiel à sua promessa, logo depois de eu nascer, fui levada de porta-em-porta espalhando o “evangelho” das Testemunhas de Jeová com a minha mãe, todas as semanas. Assim, eu nasci numa família da Torre de Vigia e fui criada para acreditar que essa religião era a única verdade. Continuar a ler “A História da Saída de Christine das Testemunhas de Jeová”

A História da Saída de Ashton das Testemunhas de Jeová

ashton

.:ASHTON

Eu nasci e fui criada como Testemunha de Jeová de terceira geração. A minha mãe biológica tinha apenas 14 anos de idade. O seu pai, o meu avô, disse que não poderia criar um outro bébé, especialmente um bebé sem pai, sem qualquer ajuda. Ele já era um pai solteiro tentando criar três filhos sozinho. A sua esposa, a minha avó, foi institucionalizada, por isso a minha mãe biológica foi forçada a me dar para adoção.

Coincidentemente, a secretária do escritório de advocacia que cuidou da adoção também era Testemunha de Jeová, e pertencia à congregação da minha família adotiva. Ela sabia que os meus pais adotivos queriam adotar e deu-lhes a conhecer a menina de 14 anos de idade, que estava quase pronta para dar à luz. Os arranjos foram feitos e eu fiquei imediatamente adotada nesta nova família de Testemunhas de Jeová. Fui diretamente do hospital para a sua casa. Continuar a ler “A História da Saída de Ashton das Testemunhas de Jeová”

A História da Saída de Julie das Testemunhas de Jeová

julie

.:O TESTEMUNHO DE JULIE

Link Visite os artigos de Julie

A Igreja não era nada além de um encontro social para mim, quando eu estava crescendo num ambiente nominalmente religioso protestante. Eu estava nos meus vinte anos e sem sequer saber como procurar uma referência nas Escrituras, por capítulo e versículo. Afirmando ainda a minha religião como “espiritual”, eu hesitei em chamar-me “cristã”, porque eu achava que precisava de mais conhecimento das suas crenças. Assim, nos meus trinta anos, como uma jovem mãe de dois filhos, comecei a ler a Bíblia seriamente por mim mesma. Tendo muito pouco de fundo religioso, eu só conhecia o sujeito chamado Jesus, e eu sabia que queria estar do lado dele quando o fim chegasse.

Continuar a ler “A História da Saída de Julie das Testemunhas de Jeová”

A História da Saída de Beryl das Testemunhas de Jeová

berylO TESTEMUNHO DE BERYL

bullets Visite os artigos de Beryl

Uau…como pode você resumir uma vida em 3 páginas? Seria um desafio para qualquer um, mas para uma mulher verbosa como eu… duplamente difícil! Então pensei que para o Autor da minha história de vida, escrever três páginas de testemunho, não seria de nenhum modo um desafio para Ele.

Veja, para mim, mesmo como uma das Testemunhas de Jeová, eu sempre tive completa e total confiança no poder e lealdade de Jeová. Quando me apaixonei por Ele à tenra idade de sete anos, Ele tornou-se o meu mundo e não podia fazer ou dar-Lhe o suficiente de mim mesma e de minha vida. Eu o amava, não apenas a organização. Eu também fui educada que, apesar de fazermos parte da Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados, a vida era acerca de servir a Jeová, não agradar ao homem, mesmo na organização. Eu não sei quantas Testemunhas de Jeová olharam para mim, como se tivesse endoidecido, quando expressei apaixonadamente o seguinte pensamento:

Continuar a ler “A História da Saída de Beryl das Testemunhas de Jeová”