A História da Saída de Carlene das Testemunhas de Jeová

carleneO TESTEMUNHO DE CARLENE

Eu cresci como Luterana. Eu gradualmente deixei de frequentar a igreja na minha adolescência. Eu gostava de ler a Bíblia, mas não sentia que os serviços da igreja respondessem às minhas perguntas bíblicas.

Aos 21 anos, namorei com o meu futuro marido, cuja mãe acabara de se tornar uma Testemunha de Jeová. Ela deu-me o livro “Viver Para Sempre”. Fiquei emocionada quando achei que todas as minhas perguntas bíblicas haviam sido respondidas nesse livro. Eu então, comecei a estudar com as Testemunhas de Jeová.

Depois de casar, o meu marido e eu, fomos batizados em 1972. Eu queria dedicar-me a fazer o trabalho de Jeová na pregação. Nós ansiosamente pusemos de lado as coisas materiais e as oportunidades de carreira para sair no ministério, tanto quanto possível, uma vez que precisávamos de avisar os outros de que o fim estava chegando em breve (1974 ou 1975).

A minha família opôs-se muito ao meu movimento religioso, mas fui avisada com antecedência para não deixá-los fazer-me tropeçar. Tive que cortar com todas as amizades antigas. Achava que, com o tempo, eles aprenderiam a “verdade” também. Então, eu fui uma ativa publicadora Testemunha de Jeová de 1972-1993 e fielmente gastei tempo no ministério de porta em porta. Eu era pioneira auxiliar e fazia designações nas reuniões semanais. Continuar a ler “A História da Saída de Carlene das Testemunhas de Jeová”