A História da Saída de Anne Marie das Testemunhas de Jeová

annemarie

 

A HISTÓRIA DE ANNE MARIE – Desassociado mas Salvo por Jeová

Eu era essa irmã jovem e bonita que talvez tenha visto no Salão do Reino. Você sabe, aquela com “todos aqueles filhos.” A pessoa que lutava para criar os filhos na “Verdade” sozinha. A que raramente era considerada como “possível esposa” porque era “mercadoria danificada.” Afinal, “Ninguem vai querer-te a ti e a todos os teus encargos!” como me foi dito por uma pioneira bem intencionada.

Como muitos de vocês, eu fui criada desde tenra idade para ser uma Testemunha de Jeová. Eu amei Jeová verdadeiramente durante toda a minha vida. Eu amei os meus Irmãos e Irmãs, e eu acreditava realmente que ISSO (a Organização Torre de Vigia) era “A Verdade.” Eu cresci em São Francisco, durante a Guerra do Vietname, os Panteras Negras, tumultos, protestos, e o movimento “Hippie”, e fiquei desiludida com “a verdade,” deixando-a com a idade de quinze anos, visto que acreditava que Jeová Deus iria “destruir-me de qualquer maneira” porque eu nunca seria “boa o suficiente.”  Além disso, eu estava farta dos mexericos, dos julgamentos, e do medo do Armagedom…que estava sempre “ao virar da esquina.” Mas, grávida do meu quarto filho aos dezanove anos, (depois do pai dos meus filhos nos ter deixado em finais de 1974), as Testemunhas de Jeová perguntaram-me, “Como pode você deixar os seus filhos morrer, só porque você não quer viver sob os requisitos justos de Jeová? Você quer MESMO o sangue dos seus filhos nas suas mãos?” Continuar a ler “A História da Saída de Anne Marie das Testemunhas de Jeová”