Abuso nas Testemunhas de Jeová e como Perdoar

Mountain Flowers

.:COMO POSSO PERDOAR O MEU PAI TESTEMUNHA DE JEOVÁ QUE ABUSOU DE MIM E OS ANCIÃOS QUE NÃO FIZERAM NADA ACERCA DISSO?

“Estou enviando-lhes este email porque estou muito zangado com os anciãos da congregação das Testemunhas de Jeová onde eu assistia às reuniões quando estava crescendo. O meu pai era mentalmente doente, batia-nos e molestava-nos. Os anciãos do Salão do Reino não fizeram nada. Aos 14 anos, confrontei um dos principais anciãos e perguntei por que ele não fez nada sobre o comportamento abusivo do meu pai. Ele disse : “O que eu deveria ter feito?” É a velha resposta: “Deixe nas mãos de Jeová”, o que basicamente significa ignorar o seu comportamento e fingir que não aconteceu. Eu tenho agora 32 anos de idade e tenho momentos em que é difícil não explodir emocionalmente quando as Testemunhas de Jeová vêm à minha porta. Eu digo a elas o que aconteceu na minha família para que elas saibam que algo estava horrível na sua congregação e que a justiça não foi feita. Eu sei que preciso “perdoar”, visto que agora sou um crente nascido de novo em Jesus Cristo, mas eu não posso deixar  de ficar com raiva quando eles me chamam de “apóstata”. Até mesmo tive que ameaçar chamar a polícia para conseguir que um ancião deixasse a minha porta, depois de eu dizer a ele o meu passado e porque saí. Estou com raiva de toda a organização. Eles são doentes! De qualquer forma, é com isto que eu estou lidando agora. Continuar a ler “Abuso nas Testemunhas de Jeová e como Perdoar”

Preparando Ex-Testemunhas de Jeová para a Custódia de Crianças

Anne MarieESTOU LUTANDO COM MEU EX-CÔNJUGUE TESTEMUNHA DE JEOVÁ PELA GUARDA DOS FILHOS. Vocês têm Alguma Literatura que Possa Apresentar ao Tribunal, de Modo a Ajudar o Meu Caso?

A minha mulher começou a estudar com as Testemunhas de Jeová há cinco anos atrás e recentemente deixou-me, levando os nossos filhos com ela. As Testemunhas de Jeová não a estão encorajando a voltar para mim, mesmo que de acordo com as suas políticas, ela não tenha bases bíblicas para divórcio, porque não esteve envolvida fornicação. Ela requereu o divórcio e está-me arrastando para uma batalha pelos nossos filhos. Advogados da Torre de Vigia estão prestando-lhe ajuda de graça enquanto eu estou gastando milhares de dólares com um advogado que sabe pouco ou nada acerca de quão destrutivas e enganosas as Testemunhas de Jeová são. Estou preocupado que, se ela ganhar a plena custódia das nossas crianças, o sistema de crenças das Testemunhas de Jeová, os aliene de mim assim como fez com a minha atual ex-esposa.

Por exemplo, no outro dia, a minha filha de cinco anos de idade disse-me que ela tem medo que eu vá ‘morrer’ quando o Armagedom chegar, porque eu não sou Testemunha de Jeová. Quando lhe perguntei onde tinha ido buscar essa ideia, ela disse-me que pessoas no Salão do Reino tinham-lhe dito que eu sou ‘mau’ porque eu ‘não sirvo a Jeová’ e que apenas as Testemunhas de Jeová serão ‘salvas’ quando Jeová matar todas as pessoas ‘más’ no fim deste sistema. Eu estou preocupado acerca de como estar exposto a este tipo de ensino, poderá afetar o meu relacionamento com os meus filhos, e eu penso que esta religião, é de facto, uma seita destrutiva. Vocês têm alguma literatura que eu possa apresentar ao tribunal que me ajude a mostrar os perigos desta religião e ganhar a custódia legal dos nossos filhos?Continuar a ler “Preparando Ex-Testemunhas de Jeová para a Custódia de Crianças”

A História da Saída de Anne Marie das Testemunhas de Jeová

annemarie

 

A HISTÓRIA DE ANNE MARIE – Desassociado mas Salvo por Jeová

Eu era essa irmã jovem e bonita que talvez tenha visto no Salão do Reino. Você sabe, aquela com “todos aqueles filhos.” A pessoa que lutava para criar os filhos na “Verdade” sozinha. A que raramente era considerada como “possível esposa” porque era “mercadoria danificada.” Afinal, “Ninguem vai querer-te a ti e a todos os teus encargos!” como me foi dito por uma pioneira bem intencionada.

Como muitos de vocês, eu fui criada desde tenra idade para ser uma Testemunha de Jeová. Eu amei Jeová verdadeiramente durante toda a minha vida. Eu amei os meus Irmãos e Irmãs, e eu acreditava realmente que ISSO (a Organização Torre de Vigia) era “A Verdade.” Eu cresci em São Francisco, durante a Guerra do Vietname, os Panteras Negras, tumultos, protestos, e o movimento “Hippie”, e fiquei desiludida com “a verdade,” deixando-a com a idade de quinze anos, visto que acreditava que Jeová Deus iria “destruir-me de qualquer maneira” porque eu nunca seria “boa o suficiente.”  Além disso, eu estava farta dos mexericos, dos julgamentos, e do medo do Armagedom…que estava sempre “ao virar da esquina.” Mas, grávida do meu quarto filho aos dezanove anos, (depois do pai dos meus filhos nos ter deixado em finais de 1974), as Testemunhas de Jeová perguntaram-me, “Como pode você deixar os seus filhos morrer, só porque você não quer viver sob os requisitos justos de Jeová? Você quer MESMO o sangue dos seus filhos nas suas mãos?” Continuar a ler “A História da Saída de Anne Marie das Testemunhas de Jeová”

A História da Saída de Tressa das Testemunhas de Jeová

tressaO TESTEMUNHO DE TRESSA

Link Visite os artigos de Tressa

Fui criada numa família católica. Foi o meu pai quem teve o maior impacto na minha vida espiritual. De maneira súbtil, e às vezes não tão súbtil, ele me ensinou a amar a Deus. Quando era adolescente, eu não me lembro de ter sido autorizada a ir a uma festa sem o “entendimento claro” de que não importava o quão tarde eu chegasse a casa, eu iria assistir à missa no domingo de manhã! Ele sempre me incentivou a rezar e a “conhecer” a Deus.

Apesar de assistir à catequese, nunca senti que estivessem a ajudar-me a “conhecer” a Deus. Era principalmente sobre “a Igreja”, Maria e os santos. Mas o meu pai ajudou-me a ansiar conhecer a Deus. Continuar a ler “A História da Saída de Tressa das Testemunhas de Jeová”

A História da Saída de Pam das Testemunhas de Jeová

pam

O TESTEMUNHO DE PAM

“A Formação da Missfit – A Princesa do Rei!”

Eu era para ser o menino que ia salvar o casamento dos meus pais, mas no momento em que nasci, o meu pai tinha-se mudado para mais de trezentos kilómetros de distância e nunca mais voltou. A minha mãe casou-se novamente quando eu tinha 3 anos, mas divorciou-se após 6 meses, depois de descobrir que ele era homossexual. Até então, ela era presa fácil para as suas quatro irmãs mais novas que a convenceram a se juntar a elas em se tornar Testemunha de Jeová. Continuar a ler “A História da Saída de Pam das Testemunhas de Jeová”

A História da Saída de Christine das Testemunhas de Jeová

christine

O TESTEMUNHO DE CHRISTINE

Eu nasci em 1949, em Inglaterra. Quando a minha mãe estava grávida de mim, a minha tia, que era uma Testemunha de Jeová, convenceu a minha mãe a iniciar um “Estudo da Bíblia” com uma de suas amigas Testemunhas de Jeová. A mulher que estudou com a minha mãe foi considerada uma dos do “restante ungido” dos 144.0001. de que fala Apocalipse 7 e 14. Assim, a minha mãe e o meu pai juntaram-se às Testemunhas de Jeová antes de eu nascer.

A minha mãe começou a ter hemorragias durante a gravidez e quase abortou. O médico disse que ela tinha que descansar ou iria perder o seu bebé. Durante este tempo, ela orou a Jeová Deus: “Se eu tiver o bebé, eu o darei a Si e ele irá servi-Lo pelo resto da sua vida.” Fiel à sua promessa, logo depois de eu nascer, fui levada de porta-em-porta espalhando o “evangelho” das Testemunhas de Jeová com a minha mãe, todas as semanas. Assim, eu nasci numa família da Torre de Vigia e fui criada para acreditar que essa religião era a única verdade. Continuar a ler “A História da Saída de Christine das Testemunhas de Jeová”

A História da Saída de Ashton das Testemunhas de Jeová

ashton

.:ASHTON

Eu nasci e fui criada como Testemunha de Jeová de terceira geração. A minha mãe biológica tinha apenas 14 anos de idade. O seu pai, o meu avô, disse que não poderia criar um outro bébé, especialmente um bebé sem pai, sem qualquer ajuda. Ele já era um pai solteiro tentando criar três filhos sozinho. A sua esposa, a minha avó, foi institucionalizada, por isso a minha mãe biológica foi forçada a me dar para adoção.

Coincidentemente, a secretária do escritório de advocacia que cuidou da adoção também era Testemunha de Jeová, e pertencia à congregação da minha família adotiva. Ela sabia que os meus pais adotivos queriam adotar e deu-lhes a conhecer a menina de 14 anos de idade, que estava quase pronta para dar à luz. Os arranjos foram feitos e eu fiquei imediatamente adotada nesta nova família de Testemunhas de Jeová. Fui diretamente do hospital para a sua casa. Continuar a ler “A História da Saída de Ashton das Testemunhas de Jeová”

A História da Saída de Trish das Testemunhas de Jeová

trish.:TRISH V

Link Visite os artigos de Trish

Eu fui uma Testemunha de Jeová por 42 anos, literalmente nascida e criada. O meu pai foi batizado quando era jovem, mas saiu em seguida, voltou para a organização quando ele e a minha mãe começaram a estudar novamente, pouco antes de eu nascer. A minha bisavó era um dos 144.000 “ungidos”, por isso o meu passado é bastante extenso!

Eu sou a mais nova de cinco filhos, e de um número de primos que viviam no mesmo bairro, frequentando as mesmas escolas e indo no mesmo Salão do Reino. Tudo isso tornou muito fácil manter um olho sobre o outro e dizer uns aos outros quando alguém não estava seguindo as regras. Adivinhem, quem geralmente era? Não, não era eu, eu estava com medo de fazer ondas e ter alguém que descobrisse que eu não era quem eles pensavam que eu era, e que eu tinha visto o que aconteceu com eles! Era uma das minhas irmãs, ela estava sempre a desafiar as regras e a autoridade e a esgueirar-se para estar com os rapazes. Eles rotularam-na como louca e a precisar de medicação. Continuar a ler “A História da Saída de Trish das Testemunhas de Jeová”

A História da Saída de Beryl das Testemunhas de Jeová

berylO TESTEMUNHO DE BERYL

bullets Visite os artigos de Beryl

Uau…como pode você resumir uma vida em 3 páginas? Seria um desafio para qualquer um, mas para uma mulher verbosa como eu… duplamente difícil! Então pensei que para o Autor da minha história de vida, escrever três páginas de testemunho, não seria de nenhum modo um desafio para Ele.

Veja, para mim, mesmo como uma das Testemunhas de Jeová, eu sempre tive completa e total confiança no poder e lealdade de Jeová. Quando me apaixonei por Ele à tenra idade de sete anos, Ele tornou-se o meu mundo e não podia fazer ou dar-Lhe o suficiente de mim mesma e de minha vida. Eu o amava, não apenas a organização. Eu também fui educada que, apesar de fazermos parte da Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados, a vida era acerca de servir a Jeová, não agradar ao homem, mesmo na organização. Eu não sei quantas Testemunhas de Jeová olharam para mim, como se tivesse endoidecido, quando expressei apaixonadamente o seguinte pensamento:

Continuar a ler “A História da Saída de Beryl das Testemunhas de Jeová”